Arquivo de abril 29th, 2010

abr 29 2010

Mike e o dodói – a CURA!

Publicado por em Família,Saúde

Então, lembram deste post?

Pois é, levamos o Mike ao terceiro veterinário para tentar acertar no tratamento para a maldita tosse do canil que ele pegou. Eu já estava esgotada, confesso que a minha fé estava por um fio. Pedia e pedia e pedia a Deus e nada! Promessa de um mês sem café, mil orações, mil questionamentos e quase sem paciência para esperar o tempo de Deus.

E amém pois o tempo Dele chegou, e Mike está praticamente curado.

Adoramos o veterinário, um cara bem simples, cobrando muito barato por tudo, inacreditável. A única desvantagem é que é bem longe, e Mike toda vez vomita na volta de tanto buraco e curva que tem no caminho, tadinho.

Mas o diagnótico foi mesmo tosse do canil, que devido a ter demorado muito para tratá-la (ai que raiva do Veterinário número 1), acabou deixando uma marquinha na traquéia dele, mas ele tinha esperança de cura.

Levamos ele para fazer exame de sangue (ficou bonitinho) e tirar raixo-x. Meu Deus, parecia que estávamos matando o coitadinho! Ele gritava desesperado, 3 pessoas tomando radiação para segurar ele na posição em cima da mesa, um escândalo. Aí na hora de tirar sangue ficou quietinho, vai entender!

Aí não deu nada nos exames, então começamos com antibiótico oral (já faz 14 dias, ficaremo com 21 dias para ter certeza que ele vai ficar bem!) e injeções com anti-alérgico e anti-inflamatório dia sim dia não. E essa era a parte mais dolorido e cansativa. Sair do trabalho, pegar o Mike, cruzar a cidade, dar injeção e ele gritar, cruzar a cidade devolta, ele vomitar na casinha no caminho, deixar ele em casa, limpar a casinha e correr devolta para o trabalho. UFA.

Estava tudo indo muito bem, na primeira semana ele demorou mas já começou a apresentar melhoras, fomos tendo fé e paciência. Aí na segunda semana, Rafa foi levá-lo, e aí vocês não acreditam, o veterinário mudou o laboratório da medicação, e o remédio deu alergia no Mike. Rafa deixou ele em casa e quando estava saindo reparou que ele estava meio inchado, quando foi ver de perto, ele estava praticamente deformado. Correu lá e deu injeção anti-alérgica muscular, e ele já foi melhorando tadinho. Quanto sofrimento para um bixinho tão pequenino.

Vejam as fotos dele todo inchadinho.

Eu quase morri do coração, estava super enrolada no trabalho, não tinha como sair daqui, Rafa me mandando estas fotos e eu com o coração na mão de não estar lá com o meu bixinho naquele momento. Ai que judiação.

Mas ele ficou bom rapidinho, graças a Deus, e continuou com o tratamento e esta cada vez melhor. Fazem 5 dias que não escuto ele tossir, hoje de manhã cedo ele deu uma raspadinha na garganta, mas acho que foi por causa do ventilador e janela aberta (que calor!), vamos ver! Ele continua no antibiótico mas as injeções cessaram. No sábado ele já tomou vacina, a segunda dose (era para ele já ter terminado a quarta dose e poder sair na rua). Não vemos a hora dele terminar as vacinas e poder sair na rua, e ficar mais ativo e mais feliz. Ele tá muito espuleta, ontem cheguei em casa 18:30 e brincamos até 11:00 sem parar, se você para, ele fica latindo até você voltar a brincar, um figurinha.

De manhã cedo (religiosamente às 6:30 todo santo dia, inclusive final de semana, afe!) ele pula no meu pescoço e me lambe até eu levantar para ficar com ele. Esses passeios tem que começar logo para ele se cansar e deixar a gente dormirrrrrrrrrrrrr!!!

Umas fotinhas mais recentes do espuleta mais amado do Brasil.

2 coment??rios