Arquivo de novembro, 2011

nov 28 2011

Por que Orlando e não Miami, NY ou qualquer outra?

Publicado por em Gravidez

Me perguntaram porque escolhemos Orlando para fazer envoxal.

Eu tenho 2 colegas de trabalho que todo ano vão de férias para Orlando com a família (isso inclui filhos) e ficam 15 dias lá. Sempre achei de uma falta de originalidade, por que não conhecer lugares diferentes, ir sempre para o mesmo lugar? Mas eu só entendi isso quando em janeiro deste ano (e agora nesta viagem também) eu voltei em Orlando depois de muito tempo.

Orlando simplesmente virou o paraíso das compras. Tem de T-U-D-O que você imaginar a preços BEM MAIS BARATOS que Miami por exemplo. Mas além de ter tudo e ser mais barato, Orlando é mais prático e fácil (além de quente a maior parte do ano!). Você fica em excelentes hotéis a preços bem baratos, quartos gigantes, piscinas deliciosas (e sempre aquecidas) e pode ir a qualquer lugar com o carro alugado (fundamental) e parar sempre na frente de lojas, shoppings, restaurantes, supermercados, etc.

 

Só para fins de comparação:

Hotel em Orlando: ficamos no Holiday Inn (Lake Buena Vista) num quarto gigante, super novo e comfortável e pagamos US$69 dólares a diária.

Hotel em NY: ficamos no Radisson (Lexington com 48th) num quarto minúsculo, cama muito pequena (horrível) e bem velho e pagamos US$300 dólares a diária.

Restaurante Italiano em Orlando: entrada (pães c/ manteiga ou azeite), salada e prato principal, bebida e sobremesa US$45 dólares o casal.

Restaurante Italiano em NY: entrada (pães c/ manteiga ou azeite) e prato principal somente, bebida US$90 dólares o casal.

 

A facilidade de ter um carro alugado à sua disposição é muito importante para quem tem como finalidade comprar muito, carregar sacolas, e especialmente para grávidas é uma ajuda e tanto, pois sofri muito em NY tentando pegar taxi, especialmente a noite, e tinhamos sorte de estar numa região bem localizada, pois muitos taxistas não vão te aceitar se você estiver em um local distante.

Então essas são as vantagens de Orlando: mais barata, mais fácil e mais agradável.

Além de tudo isso, tem os parques de diversões que são fantásticos, fiquei muito chateada de não poder ir em nenhum desta vez já que tínhamos somente 3 dias na cidade e muitas coisas para comprar. Foi uma correria só, e muito cansativo.

Outra coisa legal é que tem vôo direto da TAM para Orlando.

Se você está se programando para ir, sugiro no mínimo 5 a 7 dias. É o ideal para fazer tudo com calma, verificar todos os dias sua lista e comprar tudo direitinho (pois tem de se ir em lugares diferentes comprar coisas semelhantes).

A lista de enxoval completa (mesmo!!!) vou disponibilizar em breve para quem tiver interesse. Vou falar também de cada loja que fui e o que eu acho que vale a pena ou não. Pretendo falar também dos restaurantes para comer.

Volto em breve!

Nenhum coment??rio

nov 24 2011

Ser MÃE: O Grande Aprendizado

Publicado por em Gravidez

Recebi este texto de uma amiga querida e adorei, porque é muito o que sentimos. E hoje é um dia muito especial, pois senti a Sarinha mexer pela primeira vez, me dando vários chutinhos essa minha filha linda!!!!

Ser MÃE:  O Grande Aprendizado

Mesmo levando em conta uma nova crise econômica, a instabilidade no emprego e a dificuldade de cuidar de um bebê recém-nascido, um belo dia, lúscidos e realistas, nos deparamos com algo que denominamos DESEJO, desejo de engravidar.

A concepção só ocorre quando desejamos (consciente ou inconscientemente) um filho. E aí, todos os receios e argumentos racionais que nos preocupavam acabam sendo atirados para o fundo de algum baú antigo…

E, finalmente, GRÁVIDA!!! Palavra pequena e esquisita para denominar uma realidade tão fantástica e incomparável!!! Medo, alegria, ansiedade, medo de novo…

E percebemos que metade do país também está à espera de um bebê, como se, por um milagre, as ruas da cidade ficassem povoadas de barrigas de todos os formatos e tamanhos… despertando curiosidade, cumplicidade, simpatia e solidariedade…

Ser grávida é contar com todos os privilégios, todos se preocupam com seu conforto, seus desejos… O mundo de repente fica mais generoso e afetivo…

Você se surpreenderá com uma repentina dificuldade de concentração e falta de raciocínio lógico… (você não está enlouquecendo)… é a esperta “mãe natureza” te preparando para poder compreender emocionalmente o bebê que está a caminho…

Seu corpo, agora grávido, está mais ávido por amor, e você percebe-se atacando inesperadamente seu companheiro… (diferente do que sua mãe havia contado…).

Sua sensibilidade ficará EXTREMAMENTE acentuada, o que quer dizer que chorará à toa… (à toa para os outros, é lógico…).

Sentirá alguns desconfortos com uma barriga que cresce continuamente, abrindo espaço para um pequeno bebê, que insiste em fazer longas sessões de alongamento…

E dormirá tão rapidamente e com tanta frequência que muitas vezes não dará tempo de seu companheiro deitar-se na cama… (nada pessoal, você não poderá evitar…).

Seu umbigo sempre ficará aparente, idenpendente da roupa que use…

Não se sentirá mais constrangida em frequentar banheiros públicos e privados… E descobrirá que pode ir e voltar da sua cama ao banheiro inúmeras vezes durante a noite, sem ao menos precisar abrir os olhos…

Usará todos os cremes e óleos que te indicarem para evitar a tão temida estria, e ficará permanentemente escorregadia durante 9 meses…

Seu peito crescerá e continuará a crescer curiosamente, preparando-se para ser o provedor de alimento do nenê, que chegará faminto depois de sua cansativa jornada…

E, finalmente, quando ele chegar e você o segurar nos braços, descobrirá que tudo valeu a pena.

Reconhecerá nele o seu nariz ou sua boca, e as sombrancelhas do seu companheiro…

Verá, no fundo daqueles olhinhos abertos e atentos, a possibilidade da continuidade, da renovação, da felicidade e, principalmente, da APRENDIZAGEM. Essa é a sua grande missão!!!

 

(Autora: Clarice Skalkowicz Jressati – Psicóloga de Casais e Gestantes – CRP 06-34909-0)

Nenhum coment??rio

nov 21 2011

Voltando…. e enxoval da Sarah!

Publicado por em Gravidez,Viagem

Chegamos ontem a noite de viagem depois de 9 dias nos US.

Ficamos 3 dias em Orlando e 5 dias em NY (2 dias a trabalho). Compramos muita, mas muita coisa para o enxoval da Sarah, e claro, para o enxoval da mamãe e do papai também.

Vou escrever em detalhes tudinho sobre a viagem, dicas etc. Fiz uma pesquisa profunda pela net sobre enxoval em Orlando e NY e fui preparadíssima, e vou dar minha opinião sobre o que vale e o que não vale. Serão vários posts e muita informação, então aguardem porque estou voltando ao trabalho, tenho que desarrumar 4 malas lotadas e fazer as contas do estrago, que com certeza, não foi pequeno ($$$).

Fiquem com a prévia, no embarque de volta ao Brasil.

 

PS: quarta-feira é dia de niver, 33 aninhos!!!

Nenhum coment??rio

nov 07 2011

Dia de consulta médica

Publicado por em Gravidez

Hoje foi dia de consulta médica.
Vou confessar para vocês que não me sinto nada grávida, minha barriga aumentou mas parece uma pança e não barriga de grávida, não sinto nada além disso. Aí quando rola uma consulta e vejo minha pequena na tela fico nas nuvens por uns dias, mas conforme o tempo vai passando vou “esquecendo” e achando que não tô grávida, que algo aconteceu, que o bebê parou de crescer, um bando de besteiras.
Fiz o morfológico com 11 semanas, foi no dia 09/10, quase um mês atrás, e já estava pensando besteiras hoje, morrendo de medo da médica procurar e não encontrar o bebê, rs.
Mas logo que a consulta começou, lá veio aquele batimento forte e
rápido da minha pequena, o corpinho, as pernas compridas (minha saracura), os pézinhos, a mãozinha na bochecha, o amor explodindo naquela tela de ultrassom.
Como é gostoso isso, como é mágico, como é abençoado! Impressionante, não tenho muita barriga, não tenho sintomas, e mesmo assim tem um benezinho completo lá dentro.
Está tudo ótimo com a mamãe e com a bebê! Tirei algumas dúvidas, peguei atestado para viagem (vamos para Orlando e NY na sexta fazer o enxoval) e vim no caminho toda contente por saber que a minha barriga não é de vento, rs!! Até eu ter uma barriga descente ou sentir o bebê mexendo vou sempre pensar que tenho vento na barriga, rs!!

2 coment??rios