mar 20 2012

Ansiedade dos priminhos

Publicado por ??s 14:14 em Gravidez

Hoje recebi um email da minha cunhada com um desenho fofo que minha sobrinha (de 7 anos) fez para a Sarah. Minha cunhada disse que eles estão ansiosíssimos, que só falam na priminha que vai chegar (tem o irmão dela de 4 anos também). Achei tão fofo que para nunca esquecer desse momento e para a Sarah saber o quanto já era querida mesmo na barriga, resolvi postar o desenho aqui para ficar na memória.

Na boca do neném (que mais parece um cachorro, rs) está escrito: “A titia me ama” e na frase ao centro ela escreveu a seguinte mensagem: “Sarah eu te amo muito, mesmo sem saber se vc vai ser cabeludinha ou muito cabeluda”. Não é coisa mais fofa do mundo? Eles vão enlouquecer (espero que não seja de ciúmes, rs) quando ela nascer.

Amanhã completo 35 semanas de gestação, estamos próximos, semana que vem entro no 9º mês e a partir de 38ª semana ela pode nascer. Na consulta da semana passada ela continuava sentada e pelo que eu sinto na minha barriga ela continua assim (sinto muitos chutes no baixo ventre), para a tristeza da mamãe. Mas não desisto não, vivo de cabeça para baixo, engatinhando, alongando na bola, e continuo firme e forte na minha promessa. E essa preciso registrar aqui para ela saber que desde pequena mamãe já se sacrificava por ela, rs. Fiz uma promessa que não comeria nenhum tipo de doce até ela nascer (sim, sou pirada!). Já se passaram 2 semanas e estou firme e forte, sofrendo que nem louca mas a cada dia menos sofrida. A promessa veio a calhar, faz 2 semanas que não engordo NADA, para quem vinha num ritmo de 1 kg por semana, é very good news. Na consulta da semana passada eu até emagreci, fiz questão de chamar a médica, a enfermeira, a assistente e deixar BEM registrado que em alguma consulta eu EMAGRECI, rs. Vamos ver como serão essas últimas semanas, onde o ganho de peso acaba sendo inevitável por causa do ganho de peso do bebê. Até agora engordei 16kg e não gostaria de passar dos 20kg.

Quanto a mim, estou muito bem, obrigada. Se toda gravidez for assim, tá fácil. Durmo a noite toda, não tenho dores NENHUMA nas costas, não tenho vontade de fazer xixi a cada meia hora (acho que pelo fato dela estar sentada), não tenho prisão de ventre (idem anterior), não tenho sono, canseira, falta de ar, nadica de nada. Continuo mega disposta, ou melhor, ainda estou disposta. A única coisa que enche o meu saco é o nariz entupido o tempo todo, isso cansa!!! Ah, e também tem a azia, mas não é sempre e nada insuportável. Quando ela aparece chupo uma pastilha anti-ácida e pronto, resolvido.

Sarah está com tudo aqui na barriga, mexe muito, e nesta fase é muito legal ver a barriga se contorcendo, os vários chutes, é sempre muito bom sentí-la. O único incômodo é que sua cabeça está bem abaixo do meu seio direito, perto do coração, e dói o dia todo a pressão que sinto.

Já estou me preparando psicologicamente para me despedir do meu santo cafezinho diário. Não sei como viverei sem café, não sei.

As roupinhas de RN e até 3 meses já estão lavadas, inclusive as fraldinhas de boca, de banho e paninhos. Algumas coisas já estão prontas, outras ainda faltam. Semana passada pintei a sala, essa semana chegam parte dos móveis da sala, do quarto dela já chegou tudinho, com exceção da cortina e do lustre que o vovô vai colocar na páscoa. Ainda tenho algumas coisas do enxoval para comprar, devo fazer isso este final de semana (não aguento mais gastar dinheiro).

Em relação ao drama babá x empregada, decidi ficar com uma empregada que topasse cuidar dela, caso eu opte por isso quando voltar a trabalhar. A irmã da minha empregada, uma senhora que já cuidou de 4 filhos, vai começar a trabalhar para mim em abril. Gostei dela e acho que vai dar tudo certo.

Com a hora chegando não posso dizer que estou super ansiosa. Lógico que quero ver o rostinho dela mas ao mesmo tempo já sinto saudades do barrigão, de estar grávida, dos mimos constantes, dos sorrisos dos desconhecidos na rua….. Além disso vem o medo. Medo de ser mãe, de não dar conta, de não conseguir impor rotina, de não conseguir amamentar, de deixar os filhos caninos de lado… enfim, muitos medos e incertezas, mas, faz parte! There is no free lunch right?

E agora resta esperar….. esperar para conhecer a minha nova vida, a minha nova razão de viver. Falta pouco.
Foto do barrigão de quase 9 meses:

Nenhum coment??rio

Trackback URI | Comments RSS

Comente