Arquivo de abril, 2012

abr 28 2012

Oração para a mulher que vai dar à luz

Publicado por em Gravidez,Religião

Essa oração judaica é linda, e compartilho com todas vocês que estão prestes a dar à luz também.

 

Oração para a mulher que vai dar à luz

“Que seja a Sua vontade, o Senhor, meu Deus e Deus dos meus ancestrais, que tenha misericórdia da minha pessoa dentre tantas outras mulheres grávidas  dando à luz, e me salva daquilo que foi escrito em relação a Eva (1). Quando eu der à luz, suavize minha angústia para que eu dê à luz facilmente e sem dor, antes que a dor aguda me atinja (2).

Que a criança venha ao mundo em um instante, com facilidade e sem nenhum dano – nem para mim nem para a criança – e que ela nasça num momento auspicioso com boa fortuna, para uma boa vida de paz e saúde, encontrando generosidade e graça, com riqueza e honra.  Que meu marido e eu consigamos criá-la a Seu serviço e da sagrada Torah, e para uma boa e tranquila vida.

Que nem eu nem o bebê sejamos feridos – nem no corpo, nem nos membros, nem nas veias, nem nos nervos, nem na pele, nem na carne ou em qualquer outra parte do corpo do ser humano – nem dentro nem fora do corpo.

Se eu pequei, me perdoa através do que ei de sofrer nas dores do parto, e que o som do meu choro ascenda até Seu Trono de Glória. Cala as bocas daqueles que me condenam, e que todos aqueles que me defendem entrem em Sua presença, como é da Sua característica, de ser beneficente com os que merecem e também com aqueles que não merecem.

Que a Sua misericórdia sobre mim seja despertada, e que nos resgate de toda dor, confusão e futilidade, e que a placenta emerja no momento apropriado. Que eu seja saudável e me esteja a Seu serviço, para que me respondas em momentos de dificuldades, oh Rei da Compaixão para com todos, Ele que liberta e salva, escuta e responde.”

(1) Veja Genesis 3:16

(2) Veja Isaias 66:7

 

Linda a oração né? Eu me emocionei muito com ela. Espero que gostem.

Nenhum coment??rio

abr 28 2012

Rumo à 41 semanas…

Publicado por em Gravidez

E essa menina não quer dar as caras de jeito nenhum. Estamos de 40 semanas e 3 dias, e nem sinal da barriga baixar. O fato é que Sarah ainda está mega alta, o que desanimou a equipe de médicos em relação a um parto normal. Vão esperar 10 dias da data prevista (que era dia 25) ou seja, até sexta que vem (dia 04), e aí segundo minha médica nem adianta induzir, é cesárea na certa.

Óbvio que fiquei arrasada, pois além do pavor de me cortarem, eu queria muito sentir a emoção de entrar em trabalho de parto, sentir as contrações, e também que ela sentisse que tem algo diferente acontecendo, que tudo vai mudar. Fico imaginando ela dormindo na barriguinha quentinha, de repente um luzão na cara, um frio, gente esfregando ela, colírio no olho, aspiração no nariz… é muito estressante, e sem nenhum aviso ainda deve ser pior, rs.

Enfim, não adianta ficar sofrendo, estou tentando me conformar. Acho que vem uma cesárea por aí. Mas queria muito, e estou pedindo MUITO para Deus e para ela a todo instante, que eu entre em trabalho de parto, mesmo que chegue lá e vá direto para a cesárea, mas eu quero muito que a Sarah escolha o dia que ela vai nascer e que eu viva essa emoção. Vamos ver no que dá.

A médica acha difiícil ela descer, disse que se ela não desceu ainda é porque tem algo errado, provavelmente a minha bacia que é estreita…. mas eu não perdi a fé ainda não, estou fazendo exercícios na bola, caminhando bastante, e óbvio, fiz outra promessa.

Meu peso continua o mesmo, graças a Deus. As estrias na barriga só aumentando (nasce logo filhaaaaaa!!). Ontem foi meu último dia no trabalho. O ritmo tava punk e agora eu preciso descansar para me preparar para a chegada dela, nada de ficar me preocupando com trabalho. Continuo me sentindo SUPER bem, sem dor nas costas, sem canseira, sem nada. Às vezes até esqueço que estou grávida. Continuo dirigindo, fazendo de tudo.

A ansiedade começando a bater. Malas todas prontas, quartinho todo pronto, casa toda pronta. Ela tá demorando TANTO para chegar que consegui arrumar TODOS os armários da casa, fazer limpeza em papéis, livros, roupas, etc. Fizemos uma limpa aqui. Tudo organizado, limpo, no seu lugar. Só falta ela para ocupar o lugar dela.

Vamos ver no que dá… domingo tem mudança de lua… quem sabe… vamos torcer….

De qualquer maneira, em poucos dias estarei com a minha pequena nos braços.

Hoje colocamos a mezuzah na porta do quarto dela, fizemos a oração e a benção. A noite vou ungir o quarto com óleo que trouxe de Israel, e fazer mais orações.

Ai, ai… essa doce espera…..

Fotinha da mamãe semana passada e da mezuzah!

 

Nenhum coment??rio

abr 23 2012

Book da Gravidez

Publicado por em Gravidez

Nada contra quem faz book de gravidez em estúdio, tira foto de biquini, marido de sunga, pinta barriga, etc. Só que para mim não serve, acho cafona e pronto.

Mas queria ter umas fotinhas mais arrumadinhas da gravidez, e também fotos dos meus filhos caninos. Então uni o útil ao agradável e resolvi contratar a Fotopets (www.fotopets.com.br) para tirar fotos da família numa praça que amamos ir com os cachorros e que é a nossa segunda casa. Marcamos num domingo bem cedo e ficamos mais de 3 horas por lá. Foi tudo de bom. O resultado de algumas fotos vocês podem ver abaixo.

Eu estava de 34 semanas, fotos tiradas no dia 18 de março (há mais de 1 mês atrás).

Nenhum coment??rio

abr 21 2012

Sobre visitas à maternidade!

Publicado por em Gravidez

Eu sempre tive uma opinião formada sobre visitas à maternidade: achava UÓ. A mulher tá alí, exausta, de camisola, com dor, sangrando, aprendendo a amamentar, puta momento íntimo e você lá, num espaço de menos de 20 metros quadrados, querendo que ela te faça sala. Achava absurdo e só ia visitar na maternidade amigas muito íntimas e família.

Até que eu engravidei.

E comecei a ler e conversar com outras mães sobre o assunto. E me convencer do benefício da visita à maternidade. E mudei de opinião. Comigo vai ser assim: ou visita na maternidade ou somente um mês depois (no mínimo) na minha casa. O motivo principal que me fez mudar de idéia foi a estrutura que você tem no hospital e a duração das visitas, que será bem mais curta do que na sua casa. Fora que em casa você terá que se preocupar com o cafézinho, servir algo para comer, ter que lidar com a rotina do bebê, servir as coisas e no meu caso, administrar 3 cachorros para não incomodar a visita (principalmente para aquelas visitas chatas – a maioria – que não gosta de cachorro ou que diz que gosta mas fica visivelmente incomodada quando o cachorro chega perto ou da aquela lambidinha de leve no pézinho dela). E em casa a pessoa fica no mínimo 1 hora e meia, quando no hospital as visitas tendem a durar de 20 a 30 minutos (para aqueles que tem bom senso, óbvio).

Então pronto, decidi que vou aguentar o look inchado e bizarro de recém parideira e receber os amigos (que será um prazer) e os conhecidos no hospital mesmo (como conhecidos do meio profissional – acho isso péssimo mas infelizmente tem gente do seu trabalho que se acha íntimo o suficiente para te visitar num momento desses). Vamos selecionar os mais chegados, claro, e mandar email avisando sobre o nascimento e os horários de visita.

Agora, depois que chegar em casa, quem quiser visitar vai ter que esperar no mínimo 1 mês. E quem não gostar de cachorro nem precisa ir, porque eu amo meus cachorros mais que a meus pais, então não tenha a pretensão de achar que eu tenho que te aturar se você não gosta de um ser que é infinitamente superior a você (deu para notar o sangue escorrendo pelo boca?). E quem gostar de cachorro e for visitar, tem que levar presentinho para os dogs também, afinal se houvesse outra criança na casa você levaria para ela não ficar com ciúmes não é? Hhahahahah, brincadeira gente.

Mas falando sobre a visita em si, encontrei este post aqui e esse outro post que gostei bastante (com exceção da parte das flores, rs). Fala sobre o assunto e os bons modos. Vale a pena ler e entender um pouco mais sobre esse momento íntimo (ÍNTIMO gente!!!!) da família que acabou de nascer.

E aqui um guia de boa conduta nas visitas!

Lembre-se de não levar FLORES, pois a maioria das maternidades (inclusive a que terei a Sarah), não permite que as flores fiquem no quarto, então se durante a gravidez você não deu nenhuma lembrancinha para o bebê, leve algo simples como uma roupinha, uma meia, um mordedor, um brinquedo ou até chocolates para a mãe, mas flores não tá?

Beijocas!

2 coment??rios

abr 20 2012

O quartinho dela

Publicado por em Gravidez

Só para dar um gostinho para vocês.
Como já havia explicado, optei por um tom neutro.
Gostaram?

Nenhum coment??rio

abr 18 2012

39 semanas

Publicado por em Gravidez

Primeiro de tudo, mil desculpas pelo sumiço, mas por incrível que pareça, agora na reta final, estou trabalhando mais do que nunca. As coisas no trabalho estão a mil por hora e além disso tenho que deixar tudo pronto para a minha ausência.

Hoje completamos 39 semanas. Nossa como passou rápido!!! Dá para acreditar que já estamos aqui? Eu nem imaginava que chegaria a tanto. Hoje foi dia de consulta, e fazer o cardiotoco (exame que escuta o coração do bebê). E a Sarah estava com o maior soluço do universo tadinha. É tão gostoso escutar o coração dela, saber que está tudo bem, que ela está na posição certinha, que está se desenvolvendo bem.

Segundo a médica, o cólo do útero está bem fechado e ela continua um pouco alta, ainda que a barriga tenha descido um pouco. Isso significa, nas palavras da médica, que “vai longe ainda”. Será que chegaremos até 41 ou 42 semanas?

Essa foto minha e do Rafa foi tirada neste sábado, com 38 semanas.

E esta eu tirei da barriga nesta segunda (16/04)

Apesar da vontade de ver a carinha dela, não estou tão ansiosa. É um mix de medo do que vem por aí, das mudanças, do desconhecido. E também saudade da barriga já. Amei estar grávida, foi um momento lindo da minha vida, nunca fui tão feliz, tão amada, tão paparicada, nunca me senti tão especial. As pessoas sorriem de graça para você na rua, te dão preferência para tudo, você vira um ser iluminado que carrega uma vida dentro de você e não tem quem não ache isso especial. Esse final de gravidez, que para muitas mulheres é terrível, para mim está sendo maravilhoso. Não tenho mais dores nas costas, a azia melhorou bastante, durmo que é uma beleza, nem o xixi tá tão frequente. Tudo ao contrário do que ouço por aí. E disso só concluo uma coisa: era para ser assim pois foi de um tanto especial.

A única coisa que tenho sofrido bastante é de alergia. Jesuis, como sofro. Mil remédios, inalações, banhos, etc. Mas faz parte. Continuo trabalhando normal, dirigindo normal, carregando peso, cuidando de tudo como a sargentona que eu sempre fui. Não sou dessas grávidas molengas que mal consegue se levantar sozinha. Odeio depender dos outros para qualquer coisa e na gravidez não seria diferente. E estou me sentindo ótima assim, então estou tranquila.

Meus pés começaram a inchar, mas nada absurdo. Em alguns dias, como o dia abaixo, ele fica bem bisnaguinha, rs. Mas é raro. Continuo usando a meia de compressão sempre que possível.

Meu peso continua o mesmo há 4 semanas. A promessa de não comer doces para ela virar ajudou e muito. Estou comendo bastante e não engordando nada por não comer doces. No começo foi difícil mas já me acostumei e estou muito contente por não ter engordado mais. Até agora foram 17 kilos. Minha meta eram 14 kg, então não extrapolei tanto assim.

As estrias, poxa vida, explodiram na parte abaixo do umbigo. São tantas que nem dá mais para contar. Já estou guardando dinheiro para as aplicações de laser depois que ela nascer, kkkkk.

Já está tudo pronto, falta muita pouca coisa. Estou até um pouco aliviada que vai demorar mais um pouquinho pois aí tenho tempo para dar uma descansada e arrumar as coisas que faltam.

Eu gostaria que ela nascesse no dia 02 de maio, quando completo 41 semanas. Será? Façam suas apostas!!!
Assim que ela nascer com certeza darei notícias. Se não for por aqui, será via instagram (@cburin) ou twitter (@cburin), que tem aí no canto direito as atualizações.

Beijocas!

PS: no último ultrassom ela já estava com 3,2 kg (há duas semanas atrás). Acho que vem por aí uma bebezona!

Um coment??rio