fev 11 2013

Sarah 9 meses

Publicado por ??s 22:39 em Filhos

Nesta semana que passou minha pequena completou 9 meses. N-O-V-E. Posso chorar?
Está passando tudo tão rápido, já estou tão saudosa, às vezes até triste. Fico pensando nos momentos que deixei de curtir (como no início que tive depressão pós parto, minha maior dor por tudo que perdi), nos momentos que estou perdendo quando estou trabalhando, se estou aproveitando efetivamente a maior parte do tempo da minha filha e não estou prejudicando a vidinha dela com minhas ausências. Bom, mas isso é assunto triste e vamos falar de coisas boas.

Nesta semana teve também pediatra, e a minha pequena gigante está medindo 73,5 cm. Nos seus 9 meses de vida ela cresceu 21 cm!!! Sempre acima da curva de altura, está um pouco abaixo da média no peso, 9,040 kg. Espero que continue assim, comprida, esbelta e MAGRA kkkkkk. Cheia de saúde, com seu primeiro dentinho incisivo inferior direito que nasceu no dia 25 de janeiro, 3 dias depois dela começar a engatinhar. Está cada dia mais “nervosinha”, mostrando seu gênio forte…. Ai se não dá o que ela quer, fica vermelha de raiva e chacoalha os bracinhos. E eu dou risada da cara dela, porque estou LONGE de ser dessas mães que não dão limites aos filhos. Mas cada dia que passa percebo que lido com uma pessoinha e não um bebê que tem apenas necessidades fisiológicas. É uma pessoinha que começa a explorar o mundo, a testar seus limites e os limites do papai e da mamãe. Uma pessoinha que já começa a saber do que gosta, do que quer.

Foi também no final do oitavo mês que baixamos o primeiro nível do berço, e menos de uma semana depois, baixamos mais um pois o primeiro não foi suficiente. Sarah já fica em pé no berço, já nos chama sentada na beirinha do berço, na beirinha que fica bem perto da porta por onde ela já sabe que vamos entrar. Ela acorda e fica lá nos chamando, e quando entramos no quarto, corre para as grades do berço tentando ficar em pé já dando os bracinhos para pegá-la no colo. Acho que esse é o momento mais especial do dia para mim, pegá-la no colo, dar um abraço gostoso e um beijinho naquele cangote com o cheiro mais gostoso do mundo.

Tem horas do dia que ela engatinha ao meu encontro… Em outros momentos já me empurra quando eu tento beijá-la e abraça-la. Não consigo mais ter momentos de mamãe e bebê com ela, colo nem pensar…. Ai gente, isso dói…. Por que nem um livro fala sobre isso? Por que todas as mães escrevem sobre o desenvolvimento dos seus filhos como se fosse maravilhoso vê-los crescer tão rápido? Claro que quero que Sarah cresça e se desenvolva perfeitamente bem, mas não estava preparada para esta velocidade toda. Daqui a TRÊS meses minha filha completa UM ANO! Como pode isso? Meu corpo ainda não se recuperou da gestação, ainda uso algumas roupas da gravidez e em poucas semanas não comemorarei mais mesversários e terei uma criança andando pela casa. Por que ninguém me preparou para isso?

Olha eu falando de coisa triste de novo…. Eu para perceber que o negócio aqui está complicado né? Kkkk

Sarah já engatinha muito rápido pela sala toda…. Adora brincar de pega-pega. Se eu falo “vou te pegar”, ela já sai engatinhando correndo pela sala dando muitas risadas. Adora quando jogo ela para o alto, quando brincamos de serra-serra, quando faço cócegas na sua barriga. Como qualquer criança da sua idade, está cada dia mais apaixonada pela galinha pintadinha. Ama quando o desenho começa. Quando toca qualquer música, ela começa a dançar. Quando alguém fala “alô”, ela coloca a mão no ouvido, já bate palminhas quando canta,os parabéns, aprendeu a mandar beijos…. É uma gracinha melhor que a outra, apaixonante.

Ela continua comendo bem, mamando bem, dormindo bem, com muita saúde. É apaixonada pela babá (e a babá por ela), e isso fica claro quando eu chego do trabalho, ela fica feliz mas logo começa a procurar a Vó Nair….. Eu fico feliz e tranquila por saber que ela ama alguém que cuida dela com tanto amor, carinho e paciência quanto eu cuidaria, ou muito melhor do que eu cuidaria…. Mas claro que como toda mãe fico com medo dela me amar menos, dela não saber que eu sou a mãe dela… Pode parecer bobeira mas qual mãe não sente isso?

Ela continua usando fraldas M, mas ainda que não estejam pequenas, tem vazado xixi algumas vezes, o que me gera a duvida se devo mudar para o tamanho G. Roupas de 9 meses estão pequenas, as de 12 meses estão cabendo melhor. Ela já aprendeu a abrir e fechar gavetas e armários, e só as travas salvam nesse momento!! Aliás, adaptei minha sala inteirinha para ficar a prova de crianças. Ela não consegue sair da sala pois a porta da cozinha e do corredor para os quartos tem portãozinho (que na teoria seria pra os cachorros, rs), então tratei de travar todas as portas dos moveis, as gavetas, proteger as quinas, tirar coisas pequenas e fios do alcance, etc. Isso é muito importante pois eles engatinham muito rápido e quando viramos o olho lá estão eles aprontando alguma.

Ela já sabe nos chamar, ainda não fala mamãe mas já me chama do jeito dela. Detesta ficar sozinha, é só nos ver saindo do ambiente que engatinha correndo atrás. Continua louca por qualquer celular e controle remoto. Continua dormindo sempre abraçadinha numa fraldinha e enroscada em uma almofada.

No dia 2 de fevereiro fez sua primeira aula de natação e como amante de água, AMOU a aula. Já fez a segunda e sempre gosta muito. A aula é com o papai para eles terem um momento só deles!

Vamos às fotos, vídeos e tudo mais que é mais legal que esta mãe chorosa?

20130211-223039.jpg

20130211-223053.jpg

20130211-223112.jpg

20130211-223120.jpg

20130211-223129.jpg

20130211-223141.jpg

20130211-223153.jpg

Nenhum coment??rio

Trackback URI | Comments RSS

Comente