Arquivo de Tag 'criança'

out 03 2013

Utensílios para alimentação do bebê

Publicado por em Filhos

Eu preciso confessar que eu comprei simplesmente TUDO que existe de alimentação de bebê. Tenho todos os copinhos, pratinhos, bandejinhas, colheres, etc…. Eu comprava, funcionava, tava tudo bem, aí via alguma dica num blog ou instagram e não aguentava, como viajo sempre para os US comprava mesmo, até porque esses utensílios lá são MUITO baratos.

E depois de testar de quase tudo, venho aqui fazer uma propaganda do que mais gostei e do que não gostei. Espero que ajude muitas mamães perdidas por aí.

Vamos começar pela marca mais maravilhosa de todos os tempos: TOMMEE TIPPEE. Manja aquela marca que tudo é super funcional, duradouro, de boa qualidade? Pois é, pode comprar essa marca sem pensar duas vezes. A única coisa que não provei dessa marca foi a mamadeira que pelo que sei é muito boa (muito similar ao bico do seio da mãe e etc…).

A Sarah transitou da mamadeira para o copinho cedo. Comecei  a dar os sucos aos 4/5 meses já em copinho, pois queria que ela associasse a mamadeira somente a leite. Na ocasião comecei a usar este copinho abaixo, e ele é tão perfeito que devido a sua função “anti-vazamento”, a criança suga como se fosse uma mamadeira, e não estranha tanto. Além disso tem barras laterais que permite a criança segurar quando é menorzinha. A Sarah usa até hoje, adora!

Trully Spill Proof Trainer Cup (veja o video aqui)

410x340_2

 

 

Depois que ela cresceu um pouco, comprei o maior e sem alça, com um pouco mais de fluxo. Ela não gostou tanto, ou ainda não se acostumou.

Truly Spill Proof Drink Cup (veja o video aqui)

410x340_1

 

Babadores gosto muito dos a prova d’água da Bumkins (veja aqui), especialmente o de MANGA COMPRIDA que não deixa a criança se sujar de jeito nenhum (veja aqui), mas no dia a dia uso o de silicone da Tommee Tippee com compartimento para quedas:

Easi-Roll Bibs (veja aqui)

410x340_5

 

Para comer, o melhor pratinho é também dessa marca, que se divide em vários compartimentos (eu gosto). Mas esse pratinho fica perfeito utilizado junto com o tapetinho, que são vendidos separados. O tapetinho gruda no prato e a criança não consegue arrancar de jeito nenhum e jogar o prato longe. Além desses dois, super recomendo a colher dessa marca. Ela foi desenvolvida para as mãos pequenas das crianças e tem profundidade também para que eles consigam comer sozinhos.

Easi-Mat (veja aqui)

410x340_1 (1)

 

Section Plates (veja aqui)

410x340_7 - Cópia

 

Feeding Spoons (veja aqui)

410x340_1 (2) - Cópia

 

E o mais novo item que ainda não testei mas deve ser maravilhoso: colheres que mudam de cor quando a comida está muito quente!

Heat Sensing Spoons (veja aqui)

410x340_1 (3) - Cópia

 

 

Outra coisa que procurei fazer desde que Sarah fez 1 ano, foi introduzí-la aos canudinhos, assim ficaria mais fácil alimentá-la na rua. Para tal, segui a sugestão de um pai que encontrei num shopping em Orlando e comprei os da Munchkin:

Munchkin Click Lock Insulated Straw Cup 10oz (veja aqui)

51vg78GRSqL._SY450_

 

Ele não é ruim, mas achei muito difícil de limpar (depois vi que vende os acessórios para limpar). E também colocamos no microondas para esterelizar e o copo interno contorceu inteiro (foi para o lixo). Para substituí-lo, comprei o da Avent, e estou super ultra satisfeita (mas tem que comprar o kit de limpeza também).

Philips Avent Straw Cup (veja aqui)

515NXR+zZaL._SY300_

 

Phillips Avent Straw Replacement Brush Set (veja aqui)

71N60TTaTyL._SL1500_

 

Comprei também este pratinho que além de grudar na mesa, evita que a criança derrube comida no chão ao levar para a boca. O defeito dele é que ele não gruda tanto e às vezes a Sarah conseguiu derrubá-lo.

Boon Catch Bowl with Spill Catcher (veja aqui)

819gAlnVrQL._SL1500_

Além de prepará-la para o canudinho, quis prepará-la também para tomar em copos, e para isso, comprei o copo da Aventi que é anti-vazamento também e ajuda a criança a aprender a tomar no copo. Neste caso às vezes ela derruba um pouco, pois não está acostumada com o fluxo, então uso de vez em quando, pois ela tem tempo para aprender… mas quem já estiver em fase mais avançada, vale muito a pena. Ele vem com tampa também, assim dá para levar na bolsa.

Philips AVENT BPA Free Natural Drinking Cup (veja aqui)

71kka8ReTVL._SL1500_

 

Agora vamos aos que eu NÃO GOSTEI E NÃO RECOMENDO!!!!

Lansinoh Straw Cup With Dual Handles Green (veja aqui)

713yGnF+E9L._SL1500_

 

O copinho da Lansinoh chegou ao mercado recentemente como uma revolução. Tá, ele é bonito, tem um design legal, tem efeito de jão bobo, fácil de segurar, MAS, além de vir com um gosto INSUPORTÁVEL de plástico que levou dias para sair, é MUITO DIFÍCIL DE SUGAR. E não percebi pela minha filha, eu mesma testei. Você tem que fazer uma força tremenda para sugar, chega a cansar…. agora imagina você presentar isso para seu filho que está em transição? Óbvio que ele não vai curtir e você vai achar que ele não quer largar a mamadeira…..

Dr. Brown’s 9 oz. Hard Spout Training Cup (veja aqui)

81qVdE0zYlL._SL1500_

 

Esse é péssimo porque não tem sistema anti-vazamento, e assim que a criança virar para baixo, vai cair todo o líquido. Esse é similar ao copinho que vem no antigo kit de mamadeiras da Avent, que não serve para nada. Apesar disso, quando Sarah tá com muito sede, eu dou desse copo, pois ele tem fluxo rápido e nem precisa sugar muito.

Falando em Avent, eles lançaram este ano as novas mamadeiras, que são maravilhosas. Têm curvatura para o bebê conseguir segurar, tem somente 3 peças (bico, tampa e mamadeira) e o bico é muito parecido com o seio da mãe. Tem colorida também. Super vale a pena, mais prática e confortável.

Philips AVENT BPA Free Natural Polypropylene Bottles (veja aqui)

71FIqH0xgsL._SL1500_

 

Espero que este post tenha sido útil para vocês mamães e papais que não sabem onde investir o seu rico dinheirinho!

Se você tiver alguma outra sugestão, deixe nos comentários por favor.

E para finalizar, umas fotinhas e vídeos da minha pequena utilizando alguns dos itens descritos aqui.


2013-09-17 18.08.42

2013-09-17 18.10.15

 

 

2013-09-12 08.27.46

 

Um coment??rio

out 02 2013

Como lidar com as birras

Publicado por em Filhos

Acho que qualquer mãe/pai que está vendo seu filho crescendo e entrando na fase das birras, fica maluco e perdido, sem saber como lidar com essa fase que é tão difícil, tanto para nós como para eles.

Em um dos apps “maternais” que uso no meu celular (vou fazer um post sobre isso), li uma reportagem sobre o assunto que me ajudou muito a encarar de outra forma e de ter as atitudes certas nas horas de crise. Então resolvi transcrever aqui a reportagem da Parenting Magazine, que para mim foi MUITO ÚTIL e acho que está cheia de verdades. Recomendo MUITO também a leitura do livro: “É claro que eu te amo, agora vá para o seu quarto” (veja aqui), pois ajuda e muito a criarmos nossos filhos impondo limites de uma maneira saudável e sem traumas.

 

Domadores de Birras/Ataques de Raiva

Crianças pequenas com certeza podem criar grandes cenas! Não importa quão doce seu filho seja e quão bom pai você é, descontroles são um fato na vida de uma criança. Então tente se lembrar que os acessos de raiva/birra de seu filho NÃO são reflexo das suas qualidades como pai: eles simplesmente significam que você tem uma criança pequena FRUSTADA em suas mãos. Veja como lidar com eles sem perder a calma.

O que causa os acessos de raiva/birra?

Pode parecer que seu filho esteja tendo um descontrole sem razão (ou uma razão muito boba). Mas há causas verdadeiras:

Crianças até 3/4 anos não conseguem se expressar muito bem. Seu filho de 2 ou 3 anos pode saber um monte de palavras, mas ele ainda não tem a habilidade de construir sentenças completas – ou colocar em palavras todas as emoções que ele está sentindo. E é por esta razão que ao invés de dizer “Mamãe, eu quero muito o suco de laranja com torrada, mas somente no copo vermelho pois o suco fica estranho no copo azul”, ele grita como se estivesse morrendo quando você dá a ele suco de maçã no copo azul.

Eles são facilmente “tirados do sério”. Crianças funcionam muito bem com rotina, e qualquer mudança pode realmente tirá-los do sério. Isso significa que adicionando uma atividade extra ou perder o horário da soneca mesmo por 15 minutos pode resultar em desastre. Alguns locais, como lojas cheias ou locais tumultuados também podem tirá-los do sério.

Eles querem fazer mais do que podem lidar. Crianças são naturalmente muito curiosas – e vibram em descobrir que eles podem de repente fazer tantas coisas sozinhos. Infelizmente, a destreza física de seu filho não acompanha sua curiosidade, então ele se frusta quando a torre de blocos despenca ou ele é impedido de escalar o banco da cozinha.

Eles não entendem gratificações atrasadas. Crianças pequenas vivem no “aqui e agora”, e não no nosso mundo de “chocolate são somente para depois do jantar”. Não conseguir o que eles querem, e quando querem, é um gerador de acessos de raiva/birra. Eles pensam que são o centro do universo. Na vida “minha, minha, minha” de uma criança, ninguém importa mais que eles mesmos. Por isso dividir é tão difícil.

Neutralizando acessos de raiva/birra

Se conscientize que seu filho está frustado. Sua melhor primeira defesa é olhar nos olhos do seu filho e fazê-lo saber que você sente a sua dor. Dizendo “Eu sei que você quer chocolate”, ou somente “Eu sei que você está chateado”, você está dizendo a ele que você está ali para fazê-lo sentir-se melhor. Isso deve bastar para acalmá-lo e em seguida você adicionar, “Eu também gostaria de comer chocolate. É muito ruim que nós não possamos neste momento.”

Seja bobo. Risadas podem ser um ótimo destruidor de acessos de raiva/birra. Se seu filho começar a armar uma cena para entrar no banho, tente cantar uma canção bem boba – qualquer coisa para fazê-lo dar risadinhas.

Tente uma distração. Dê a ele outra coisa para ele pensar. Tente dizer “Vamos terminar as compras escolhendo as bananas juntos.” Ou se é a hora de ir embora do parque., mas ele não quer, “Quantos cachorros você acha que vamos ver na volta para casa?”.

Ignore. Às vezes, acessos de raiva/birra aumentam porque seu filho pensa que ele conseguirá o que quer se ele gritar alto o suficiente. Se você não reagir, ele poderá desistir.

Saia de cena. Quando todo o resto não funcionar, saia do campo de visão, fique de lado, qualquer um. Mas faça isso sem se exaltar, fazer estardalhaço – assim você estará modelando comportamento calmo. Pode ser inconveniente, mas mostra quem está no controle: você.

Prevenindo descontroles

Evite os gatilhos. Tente descobrir o que tira seu filho do sério. Ele se descontrola quando está com fome ou cansado? Quando está na cadeirinha do carro por mais de 20 minutos? Planeje antes para prevenir acessos de raiva/birra: carregue petiscos, tenha certeza que ele está descansado, ou faça paradas entre os destinos.

Ofereça opções. Quando as crianças se sentem frustadas, eles precisam da sua ajuda, mas eles ainda querem participar. É por isso que oferecer duas opções (mais do que isso só serve para confundir) pode prevenir um descontrole. Tente dizer “Você gostaria de ver o urso ou os macacos” ao invés de “Qual animal você quer ver primeiro no zoológico?”.

Dê aviso antecipadamente. Se você tem que tirar seu filho de algo divertido ou levá-lo para algum lugar que ele odeia, a preparação pode acabar com a frustração na origem. Diga “Nós vamos para casa após mais uma vez no escorregador”. Crianças pequenas tendem a se comportar se eles sabem com antecedência o que eles podem e não podem fazer.

Mostre a seu filho como você quer que ele comporte. Já que uma das razões que as crianças gritam é porque eles não sabem o que fazer, ensine seu filho a usar palavras para se expressar. Muito boas para começar: “Você pode me ajudar?” e “Me desculpe”. Quanto mais específico você puder ser com seus próprios pedidos, melhor. Dizer ao seu filho que você quer que ele “seja bonzinho” não é muito informativo. Ao invés disso, diga a ele que você quer que ele peça pelas coisas em voz baixa.

Resumo

Crianças pequenas têm acessos de raiva/birra porque eles estão frustados ou descontrolados, e não porque eles querem te deixar louco. Entendendo a causa por debaixo disso poderá ajudar vocês dois a enfrentar acessos de raiva/birra.

Nenhum coment??rio